IA generativa: o que CIOs e CTOs precisam saber sobre?

Capa do artigo com uma foto de um homem branco de costas digitando em seu notebook, na frente dele também estão mais monitores. Na frente do notebook, está uma imagem simbolizando inteligência artificial com uma cabeça humana de perfil e AI no local do cérebro.
Reunimos as informações mais relevantes sobre IA generativa para CIOs e CTOs tomarem as melhores decisões em suas empresas. Leia mais no blog de StackSpot.

CIOs, pessoas diretoras de informação, e CTOs, pessoas diretoras de tecnologia, devem permanecer na vanguarda da tecnologia para atingir seus objetivos estratégicos. A IA generativa pode desempenhar um papel fundamental se você estiver olhando para dentro da sua organização, tentando melhorar os processos ou usando a tecnologia para melhorar e inovar seus produtos. 

Agora é hora de entender o que é preciso para posicionar sua organização para o sucesso a curto e longo prazo. Vamos lá?

O que é IA generativa?

Antes de mergulhar na toca do coelho que é a inteligência artificial (IA) generativa, você precisa começar com uma compreensão da IA como um todo. 

Inteligência artificial é um termo usado de forma bastante ampla e tem um escopo vasto, podendo incluir uma variedade de plataformas de tecnologia da informação ou sistemas de computador. De forma breve, trata-se de permitir e habilitar os sistemas de computador a aprender com os dados ao longo do tempo.

A IA generativa é uma referência a um conjunto de tópicos de inteligência artificial relacionados à criação de conteúdo. Então, pense nela como uma forma de compor, de forma autônoma por meio de máquinas, tudo o que você precisar. 

Nesse caso, é uma área de foco com potencial econômico infinito. As aplicações da IA generativa são diversas, incluindo, mas não se limitando a, campos de aplicação em saúde, entretenimento, marketing, arte e muito mais.

Como a IA generativa difere de outros tipos de IA

Há uma clara diferença entre a IA generativa e outros tipos de IA. Com os aplicativos mais comuns, você está configurando sistemas de computador ou máquinas para aprender com exemplos. 

Então, podemos ensinar, por meio de modelos, o sistema do computador a analisar dados e prever resultados. A IA tradicional enfatiza a detecção de padrões e a tomada de decisões com base no modelo.

A IA generativa é outra forma de inteligência artificial ou modelo de aprendizado de máquina. No entanto, a maior diferença é que ela tem a capacidade não apenas de prever o que virá a seguir, de analisar e otimizar, mas de criar novos conteúdos.

Quer dizer, a IA generativa pegará os dados com os quais foi treinada e criará novos vídeos, imagens, textos, músicas ou qualquer outro conteúdo que possa ser criado. Inclusive, os modelos de aprendizagem profunda estão disponíveis para ajudar com esses resultados criativos exclusivos das ferramentas da IA.

IA generativa e área tech

Você está tentando ficar um passo à frente da concorrência. Há maneiras importantes de fazer isso, incluindo o aprimoramento de seus processos, o avanço de suas tecnologias, a busca de eficiência e muito mais.

Sendo assim, a IA generativa precisa ser vista como uma ferramenta. As organizações que mais poderão tirar proveito dela serão aquelas que estão em posição de serem as melhores em seus respectivos setores. 

A capacitação de pessoas colaboradoras e a si, como liderança, oferece oportunidades para trabalhar com IA generativa, o que pode abrir caminhos que talvez não estejam no seu radar.

As tarefas repetitivas e rotineiras em sua organização podem ser eliminadas com a implementação bem-sucedida da IA generativa. Tudo começa com a identificação dessas tarefas e, em seguida, com a criação de um processo para permitir que a IA elimine o trabalho pesado. 

Impacto na engenharia de software

A engenharia de software está pronta para dar um salto graças à IA generativa. Devido a ela, profissionais terão um parceiro de IA para ajudar a trabalhar com diferentes linguagens, obstáculos em seu código e muito mais. 

Resumindo: a inteligência artificial generativa está mudando para melhor a forma como pessoas desenvolvedoras trabalham.

Vantagens da IA generativa

Digamos que você tenha uma equipe de pessoas engenheiras trabalhando na construção interna de um aplicativo. O time pode estar preso no código, tentando refinar e polir, além de evitar débitos técnicos. A IA generativa pode auxiliar a superar esse bloqueio e a encontrar um novo caminho que ninguém tinha visto antes.

Dessa forma, a IA generativa pode auxiliar o seu time de engenharia de software e, por consequência, a sua empresa. Confira algumas vantagens:

  • profissionais de engenharia de software podem criar códigos de maior qualidade;
  • o desenvolvimento de testes unitários automatizados, por exemplo, pode ser facilitado com essa ferramenta;
  • a documentação de suporte ao software pode ser gerada por meio da IA, para auxiliar o treinamento de pessoal, a integração e o lançamento.

Para complementar esse tópico, indicamos o episódio do Zupcast “O impacto da inteligência artificial no desenvolvimento de software”, que refletiu sobre IA na área de tecnologia. Uma conversa que vai te surpreender, ouça!

O que CIOs e CTOs precisam saber

Não temos uma resposta unânime para CIOs e CTOs acompanharem as tendências da IA generativa, mas temos boas dicas. Confira:

Dicas para CIOs e CTOs

  • Adquira conhecimento sobre o que é IA generativa e como ela pode ser usada;
  • Tenha uma visão dos potenciais e da aplicabilidade da IA generativa em sua empresa;
  • Prepare-se para a possibilidade de precisar de domain data de qualidade de sua empresa para criar produtos de dados personalizados;
  • Esteja ciente das questões de responsabilidade ética – leia AI Ethics, de Mark Coeckelbergh;
  • Atualize-se sobre novas ferramentas e modelos.

O que é necessário para posicionar sua organização para o sucesso?

  • Defina objetivos claros;
  • Identifique casos de uso relevantes;
  • Invista em talentos e conhecimentos especializados em IA;
  • Garanta qualidade e a organização dos dados;
  • Estabeleça processos de governança e compliance.

As organizações que não acompanharem as mudanças nem implementarem as novas tecnologias serão deixadas para trás quando a IA generativa estiver em todos os lugares. 

Para começar a capacitar sua organização a tirar o máximo proveito da ferramenta, fale com nosso time de vendas para conhecer nossas soluções.

*Artigo com colaboração de Geraldo Gomes da Cruz Junior.

Consuma inovação e transforme sua empresa

Assine nossa newsletter e fique em dia com as melhores práticas de tecnologia para gerar impacto nos negócios.

Summary

Related posts